Saiba qual a melhor forma de pagar a fatura do seu cartão!

Se você não sabe qual é a melhor opção para efetuar o pagamento de sua fatura! Nós iremos te ajudar a não cair em uma enrascada. Veja aqui.
Anúncios


Fonte: Google

Antes de mais nada, hoje iremos falar de como pagar sobre qual é a melhor forma de você pagar a fatura do se cartão de crédito. Você quer saber qual é? Leia nosso artigo e saiba mais!

Se existe algo que o brasileiro ama tanto quanto o futebol ou o smartphone é o uso do cartão de crédito. Dessa forma, o mercado financeiro tem entendido isso e por isso oferta várias tipos e modalidades de cartões de crédito.

Assim, com tantas variações e facilidades para aquisição de um cartão de crédito, o consumidor brasileiro acaba não atentando aos juros e encargos escondidos entre as vantagens.

Entretanto, alguns mantém uma educação financeira em dia e assim evitam problemas futuros e endividamento. Porém, não é a realidade de cerca de 40% dos brasileiros segundo os órgãos de proteção ao consumidor. Desse modo, hoje, o país ultrapassou o número de endividados em quase 63 milhões de brasileiros, uma marca histórica.

 Por isso, nosso blog decidiu escrever esse artigo para esclarecer de uma vez por todas qual é a melhor opção para você na hora de efetuar o pagamento da fatura do cartão de crédito naquelas situações financeiras precárias.

Ficou curioso para entender melhor sobre o assunto? Então, não saia da frente dessa tela, leia o artigo até o final e descubra a melhor opção para evitar sua inadimplência. Vamos lá?!

Sobre o planejamento financeiro

O planejamento financeiro é base para a independência financeira de qualquer indivíduo com a intenção de constituir uma estabilidade ou mesmo controle de gastos.

Um indivíduo consciente tem sempre uma projeção de seus gastos e receitas. Desse modo, não utiliza seus recursos financeiros como moeda e troca – sem observar o princípio da demanda, com olhar crítico quanto ao consumo. Ou seja, estes indivíduos conseguem poupar e até fazer render seus investimentos.

Contudo, no Brasil a educação financeira é só mais um ponto de precariedade. Dessa forma, sem qualquer orientação ou mesmo iniciativa, vários brasileiros utilizam seus recursos financeiros de maneira incorreta. E assim não assumem o controle sobre suas finanças.

Como funciona a fatura do cartão de crédito?

Fonte: Google

O mecanismo de funcionamento da fatura do cartão de crédito é simples. Então, se você efetuar uma compra com o cartão de crédito no rotativo ou parcelado, dependendo da data de vencimento, esse valor será pago em até 40 dias ou mais. Isso vai de acordo com  programa de parcelamento ou financiamento da administradora com o banco emissor.

Quais as principais diferenças entre rotativo e parcelado?

O primeiro diz respeito a compra à vista, em uma única parcela, o segundo é uma divisão do valor em várias frações. Contudo, ambas as opções geram encargos, ainda que não sejam visíveis aos seus olhos.

O rotativo gerar cerca de 13,1% ao mês de juros sobre o valor quando ocorre o atraso no pagamento da fatura do cartão de crédito. Já o parcelado, por ser uma forma de antecipação de valor ao estabelecimento, poderá gerar juros maiores que 8% ao mês.

Isso significa dizer que em caso de atraso no pagamento da sua fatura do cartão de crédito o montante pago fora do vencimento, seja no rotativo ou parcelado, poderá alcançar o índice de até 14% na cobrança de juros mais os encargos do contrato – que variam de banco ou financeira.

Quem define as regras de pagamento da fatura do cartão de crédito?

  • O BC – Banco Central, é a instituição responsável por regulamentar e implementar regras de crédito no Brasil, assim, determinou a aplicação de uma regra de pagamento todo e qualquer cartão de crédito emitido e no Brasil, de maneira que, acaba beneficiando as compras parcelas como demonstrado acima.
  • Com a aplicação de juros mais flexíveis o BC entendeu que onerar o parcelado seria impedir o consumidor e efetuar o pagamento – ainda que atrasado, da dívida, se tornando inadimplente.

Como funciona o pagamento mínimo da fatura do cartão de crédito?

O pagamento mínimo do cartão de crédito foi determinado pelo BC em no máximo 15% do valor total da fatura no primeiro mês, contudo, ainda que seja tentador efetuar o pagamento mínimo de um montante alto, tenha cuidado, isso vai exigir muito controle financeiro no mês seguinte.

Recorde que o pagamento mínimo jogará o valor restante para o mês seguinte somado aos juros, encargos e o valor da fatura daquele mês.

Como funciona o pagamento parcelado da fatura do cartão de crédito?

  • Como regra o pagamento mínimo por dois meses consecutivos obriga o parcelamento automático do montante total para evitar o endividamento e a possibilidade de pagamento, além disso, o próprio consumidor poderá solicitar essa opção.
  • Porém, geralmente o limite do cartão de crédito é bloqueado até o pagamento mínimo de 40% da dívida parcelada ou mais.

Como funciona os juros aplicados no pagamento da fatura do cartão de crédito?

Iremos exemplificar com a fatura de um cartão de crédito no valor de R$1.000,00.

Digamos que você não consiga pagar o total dela e opta por pagar o valor mínimo que seria de 15% = R$ 150,00. Assim, no saldo atual acrescentado dos encargos e multas (aplicados com até 2%) o valor seria de R$948,72 + as comparas do mês atual (vai depender do seu uso).

Isso acaba se tornando uma bola de neve, por isso o pagamento mínimo não é a melhor opção para o pagamento e fatura do cartão de crédito, se ficar impossível efetuar o pagamento total solicite o parcelamento e o bloqueio parcial do seu limite.

Dessa forma, você teria esse valor acrescido ao percentual de 8% de juros mais os encargos de até 2%, contudo em parcelas fixas sem variações ou aplicação de 13% do rotativo. 

Qual é a melhor opção para o pagamento de fatura do cartão de crédito?

Como foi adiantado acima: a melhor opção é o pagamento total, na impossibilidade dela efetue o pagamento parcelado e o bloqueio provisório do limite até a quitação de pelo menos 40% da dívida.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Por fim, busque mais orientações sobre saúde financeira aqui em nosso blog e mude de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *