Décimo Terceiro salário, descubra com usar a sua parcela.

Se você não sabe como usar a parcela do seu décimo terceiro. Não se preocupe, esse artigo vai te ajudar com ideias incríveis e rentáveis. Saiba mais aqui.
Anúncios


Fonte: Google

Décimo Terceiro salário, descobrir como usar a parcela do seu e salve o seu ano. Se você não percebeu o ano já está acabando.

Apesar das atipicidades caudas pela Covid-19 e a crise financeira, o ano passou rápido.

Assim, para uma parcela da população brasileira essa época do ano é muito aguardada.

Sendo assim, para os trabalhadores formais, este mês será o mês do adicional salarial. Ou seja, o pagamento da parcela do décimo terceiro salário.

Assim, alguns brasileiros planejam o que fazer com o valor recebido, já outros.

Esses não têm a menor ideia de como usá-lo. Isso além dos gastos corriqueiros, lógico.  

Dessa forma, nosso blog irá disponibilizar algumas ideias que podem fazer seu dinheiro render e usá-lo de uma maneira melhor.

Por isso, não deixe de ler até o final. Garantimos que ao final do artigo você se surpreenderá.

Sobre o décimo terceiro

Antes de falarmos sobre como usá-lo ou gastá-lo. Nada mais importante que saber sobre sua origem.

Assim, instituído pela Lei 4.090/62 em 1962, o décimo terceiro, chamado por alguns de Gratificação de Natal. É um adicional salarial para os empregados por carteira assinada. Ou seja, o trabalhador regular, ganha um salário a mais por ano.

Sendo assim, o valor do benefício é calculado proporcionalmente ao tempo de serviço do trabalhador. Assim, sua faixa de valor será condicionada aos meses de contratação.

Por exemplo: se um trabalhador foi contratado em setembro ele receberá o valor proporcionalmente a 3 meses. Esse valor não poderá sobre dedução de previdência ou qualquer outra.

Quem tem direito ao décimo?

Qualquer trabalhador celetista terá direito ao recebimento do benefício. Assim, nessa categoria estão inclusos os empregados urbanos, rurais, domésticos e no regime da CLT.

Porém, ainda que você se enquadre nessa regra poderá não ter acesso. Sendo assim, apenas aqueles trabalhadores com mais de 15 dias de contração poderão receber o benefício.

Como utilizar o décimo?

Antes de sair por aí gastando o seu décimo sem qualquer planejamento. Pare! Avalie sua atual situação e repense. É extremante necessário que você evite futuras dores de cabeça. Assim, para evitar, tratar o benefício com inteligência.

Para te ajudar a utilizá-lo com maior segurança trouxemos algumas dicas. Veja a seguir:

Posso pagar dívidas com o décimo?

Você pode até achar estranho, já que nosso título fala sobre “fazer ele render”. Porém, efetuar o pagamento de dívidas antigas ou atrasadas é fazê-lo render. Entenda, se sua fatura do cartão de crédito ou o seu cheque especial está em atraso melhor saldar.

Dessa forma, você não ficará preso a juros sobre juros. Assim, poderá investir seu dinheiro em outros projetos. Além de pagar dívidas como empréstimos e juros do cheque especial.

Porém, antes de efetuar o pagamento tente negociar. Nada de apresentar o valor sem conquistar aquele desconto e o abatimento dos juros. Sendo assim, se não for possível quitar a dívida, apresente um parcelamento.

Posso criar uma reserva com a parcela do décimo salário?

Fonte: Google

Criar um reserva emergencial é o primeiro passo para a vida financeira saudável. Em um ano atípico como o nosso. Essa tese reforça ainda mais a necessidade da reserva. Assim, se você não possui débitos em atraso, invista na reserva.

Embora, as coisas pareçam mais tranquilas e no caminho da movimentação financeira, ainda estamos longe da crise global. Dessa forma, não deixe de observar e garantir recursos para o seu futuro.

Sendo assim, crie esse hábito em guardar dinheiro. Comece pequeno, com valores mensais menores. Faça da seguinte forma: pense em um valor, guarde sua parcela do décimo. Depois, dívida o valor final em 12 meses, assim todo mês uma pequena parcela é depositada.

Décimo salário, onde usar?

Existem algumas contas fixas que chegam a nós todo início de ano. IPVA, IPTU, matrícula e material escolar são algumas delas, e sabemos que todas chegam de uma vez, e se não estamos preparados, corremos o risco de deixar algumas para trás e acabar entrando no vermelho.

Coloque tudo no papel e calcule qual será o valor necessário para quitar tudo. Caso seja possível, pague o IPTU e o IPVA de uma única vez, pois assim, você não fica inadimplente e não precisa se preocupar com os meses seguintes.

Décimo salário, posso pagar o financiamento?

Se você possui uma dessas modalidades de crédito em atraso. Não deixe de investir na quitação deles. Principalmente se eles fazem referência a um bem como o carro ou casa.

Vale recordar que o atraso dessas parcelas promove o resgate do bem pela a instituição financeira. Ou ainda, o leilão do bem para reaver o valor investido por ela.

Por fim, saldar os débitos em atrasado dessa modalidade de crédito garante a manutenção da sua renda mensal.

Gostou do nosso artigo? Compartilha com o seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Por fim, leia outros artigos sobre investimentos aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *