10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Economizar com comida: como fazer economia com alimentos?  

Em tempos de crise econômica só pensamos em uma coisa: economia! Mas como economizar com comida? Saiba mais aqui.

Economizar com comida
Fonte: Economizar com comida

No Brasil, atualmente, a pergunta mais comum na cabeça dos brasileiros é: “como economizar com comida?”. Afinal, com os altos índices de inflação, depois de quase dois anos de uma pandemia, o brasileiro sente o peso no bolso. Porém, não só da pandemia, mas de outros vários fatores que estão impulsionando o preço dos alimentos.

No entanto, vale ressaltar que os alimentos não são os únicos produtos afetados por esta crise econômica. Assim, segundo a FGV – Fundação Getúlio Vargas, nos últimos dois anos (2020 e 2021) o índice de inflação pode ser contido em cerca de 60% dos produtos e serviços acessados pelo consumidor. Contudo, neste ano (2022) a inflação voltou a atingir patamares altos.  

Além disso, outro índice que interfere nos preços (IPCA) – segundo a FGV, tem atingido mais de 70% dos produtos consumido pelos brasileiros, o que contribui ainda mais para o aumento de preços.

Por isso, economizar se tornou essencial para os brasileiros neste momento. Afinal, vivemos um período em que o salário se tornou curto mesmo para aquelas necessidades básicas. 

Portanto, neste artigo, nossos especialistas trazem algumas dicas sobre como economizar com comida, um artigo essencial para lista mensal de qualquer indivíduo.

Logo, sugiro que você, caro leitor, preste atenção aos próximos tópicos, porque estes podem trazer pontuações que você não tenha percebido em uma tarefa árdua como é economizar.   

Vamos lá! 

O que motivou o aumento no preço dos alimentos? 

São vários fatores que impulsionam o aumento no preço dos alimentos, ou seja, um somatório de problemas que, no final, acaba pesando no bolso do consumidor final. Assim, segundo o IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas, só no ano passado os alimentos sofreram um aumento de preço de pelo menos 15%.  

Ainda, segundo a pesquisa, o percentual representa quase 3 vezes mais que a inflação naquele ano. Porém, como se não bastasse o percentual indicado anteriormente pelo órgão, em 2022 a comida deve sofrer mais reajustes devido aos outros fatores. Por exemplo, o reajuste nos combustíveis: gasolina, etanol e diesel, além de outros produtos que são impulsionados pela exportação; milho, soja e outros grãos.  

Desse modo, a soma dos fatores reflete nos alimentos, já que na maioria das vezes, no caso dos combustíveis, os alimentos são transportados por caminhões e transporte terrestres.

Outro ponto importante é o encarecimento por falta de matéria prima para produzir alimentos, como é o caso do pão, já que os produtos preferem exportar grãos a vender aqui. Mas como economizar com comida ante esses fatores? Você vai aprender isso agora.  

3 passos simples para economizar com comida 

Quem nunca ouviu da sua mãe: sempre dá para economizar se você se esforçar. Pois é, errada ela não está, realmente dá para economizar com algum esforço e algumas dicas bem simples. E não se surpreenda se algumas delas você já conheça, mas caso não conheça qualquer uma das outras, é hora de colocá-las em prática.  

1 – Hora da compra no mercado: na hora de economizar com comida, o supermercado é a primeira opção, afinal, quem escolhe e faz seu próprio alimento pode e deve economizar mais. Por isso, listamos alguns pontos: 

Preço: pode até parecer “clichê”, mas pesquisar preço é muito importante. Sendo assim, faça uma cotação de pelo menos 03 estabelecimentos diferentes; Validade dos produtos: apesar de ser uma questão de segurança alimentar, atentar à validade dos produtos te ajuda a economizar. Já que você tem duas opções: produtos com validade maior – que geralmente tem o preço normal, e produtos com validade menor – quase sempre estão em promoção. No entanto, apenas vale a pena comprar se você pensar em consumir dentro deste prazo; 

Lista de compras: NUNCA saia de casa para comprar nada sem uma lista, a lista direciona e LIMITA o gasto com outros produtos que, naquele momento, são desnecessários; e, De olho na data de compra: evite fazer suas compras até o 5º dia útil do mês, nesse período a maior parte da população recebe salário, aposentadoria e outros benefícios.

Assim, é comum que os supermercados alterem os preços durante o período de compras. Por isso, se possível deixe para fazer as compras após o 10º dia, pois as promoções são mais frequentes. 

2 – Na hora do preparo e comer o alimento: aquele momento que deixa você satisfeito, já que sua dispensa está “cheia”. Entretanto, o preparo é algo muito importante, não apenas para a saúde, mas para economizar com comida também. Por isso listamos alguns pontos: 

Quantidade: pode parecer até um conselho de mãe: “olhe a quantidade de alimento que você coloca no prato”. Pois é exatamente a partir daí que você deve preparar os seus alimentos, afinal, atentar a quantidade evita desperdícios; 

Reutilizar: antes do preparo de alimentos, verifique o que tem já tem disponível na sua geladeira, existem várias receitas que podem ser feitas como alimentos já preparados; e, Guarde o que puder: se sobrou alimento de uma refeição, não jogue fora, separe e acondicione de maneira correta, depois reutilize como indicamos no passo anterior.  

Conclusão

Economizar com comida
Fonte: Economizar com comida

3 – De olho na carteira: isso é muito importante, não adianta você economizar em casa, cozinhando, guardando corretamente e ao final pedir comida sempre que der vontade. Veja algumas soluções inteligente: 

Compra compartilhada: que tal usar – uma vez por semana só, um app de compra de alimentos com várias pessoas? Geralmente você consegue um desconto na entrega e/ou pela quantidade. Assim, você economia e ainda come o que deseja; e,  

Use cupom: vamos combinar que a regra é não comprar alimento fora de casa, mas se for comprar use cupons de descontos e evite comprar mais de uma vez por semana.  

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.