Gestão de Pessoas, pandemia requer olhar mais humanizado

Desde o início da pandemia, os profissionais da área de Gestão de Pessoas têm dado mais atenção a saúde mental dos trabalhadores. Fique por dentro!
Anúncios


Gestão de Pessoas olhar humanizado
Fonte: Google

Os trabalhadores são considerados os bens mais preciosos de uma empresa, por isso é importante mantê-los motivados e engajados. Mas, com a chegada da pandemia ano passado tanto a rotina dos profissionais como das empresas mudaram completamente, criando impactos para a saúde mental de muitos trabalhadores. Dessa forma surgiu um desafio para os profissionais da área de Gestão de Pessoas; pois o atendimento à distância tornou o trabalho dos profissionais da área de gestão mais complexo.

Segundo estudos da APA- American Psychological Association, apontou que pelos menos dois terços dos funcionários de várias empresas foram diagnosticados com problemas de Saúde Mental. Desse modo, prejudicando o desempenho desses profissionais no home office; modalidade de trabalho que se adotou por todas as empresas como medida para evitar a contaminação do novo coronavírus. Assim sendo, uma outra pesquisa feita pela Lyra Heath em conjunto com a National Alliance of Healthcare Purchaser Coalitions informou que um total de 40% dos trabalhadores tem enfrentado esgotamento durante a pandemia.

Mudanças na forma de trabalhar

Ainda segundo o estudo, aproximadamente 72% dos profissionais da área de Gestão de Pessoas; afirmaram que o principal indicio desse aumento na queixa dos profissionais foi motivado pela pandemia do novo coronavírus. Assim sendo, cerca de 40% dos executivos afirmaram terem tirado proveito da transformação digital para desenvolver melhores estratégias com o objetivo aprimorar a gestão e também a rotina dos trabalhadores utilizando a tecnologia.  

Cabe aos profissionais da área de Gestão de Pessoas utilizar a tecnologia a seu favor para trabalhar este esgotamento; e também trazer de volta o engajamento, motivação para que os trabalhadores voltem a produzir de maneira significativa; pois devido a não adaptação do home office, muitos desses profissionais apresentaram queda na produtividade. Desse modo, isso afeta diretamente tanto a empresa como o próprio funcionário que precisa de ajuda para se adaptar as novas condições de trabalaho.

Distanciamento social e o uso da tecnologia para a gestão de pessoas

Atualmente o foco dos profissionais da área de Gestão de Pessoas, tem sido trabalhar a saúde mental desses funcionários utilizando a tecnologia; por exemplo o acompanhamento dos funcionários à distância. Assim como também o desenvolvimento de cada um através de plataformas online, permite a estes profissionais uma comunicação diria contribuindo para a redução de reuniões e processos desnecessários. 

Portanto, as plataformas auxiliam os profissionais de Gestão de Pessoas a trabalharem na questão do dia a dia da equipe e também o bem-estar e através dessas plataformas os gestores podem dar suporte aos profissionais como consultas psicológicas, enviam conteúdos com distrações, exercícios dentre outras alternativas para trabalhar a saúde mental dos trabalhadores e da equipe de uma maneira geral.

O uso dessas plataformas é de extrema importância, pois as empresas podem tirar conhecimentos importantes ao observar como os profissionais lidam com home office no dia a dia; pois alguns profissionais não conseguem administrar adequadamente o home office deixando que problemas da vida pessoal acabe afetando o desempenho no trabalho. Sendo assim, os gestores trabalham justamente nesta questão para que a produtividade do profissional no trabalho caia, desmotivando profissional, os gestores ajudam a diagnosticar o problema para que ele possa se resolver e o trabalhador volte a produzir de maneira adequada.

Aceleração cultural digital e Startups

gestão de pessoas home office
Fonte: Google

O rápido crescimento da tecnologia e a cultura digital das Startups, ajudou na rápida aceitação do home office em muitas empresas; como esta mudança aconteceu de maneira rápida muitos profissionais apenas acompanharam o fluxo. Mas não entenderam o que estava havendo, pois além das mudanças, a incerteza sobre os seus empregos começou a ter questionamentos. Ainda mais, entre os profissionais na faixa de 38 a 40 anos, a adaptação do home office pode ser imediata para alguns, mas pode ser diferente para outros trabalhadores.

Sendo assim, muitos profissionais não conseguiram dividir a vida pessoal, da vida profissional e assim que os seus rendimentos caíram o receio de uma demissão eminente começa a afetar este profissional, o trabalho dos gestores é fazer com que esta adaptação se torne mais tranquila para os profissionais assim como para as empresas.

Cabe ao gestor, trazer para o trabalhador uma adaptação para ambiente digital mais humanizada e natural; o trabalho destes profissionais foi potencializado com aceleração da tecnologia durante o ano de 2020. A pandemia do novo coronavírus trouxe uma complexidade a mais entre as resoluções das empresas. Mas os profissionais da área de Gestão de Pessoas tem trabalhado em soluções a longo prazo para as equipes que entregam tanto empresas digitais como as que possuem escritórios físicos e planejam voltar em algum momento.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *