10%15%20%25%30%35%40%45%50%55%60%65%70%75%80%85%90%95%100%

Descubra o Spread Bancário aqui!

Nesse artigo, você vai saber mais sobre o Spread Bancário. Fique por dentro!

Spread Bancário 
Fonte: Google

Primeiramente, o que você tem que entender sobre o spread bancário é que o termo representa a diferença entre as taxas dos juros que existe de um banco para outro, não se preocupe, vou te explicar com mais detalhes sobre esse termo e o motivo dele ser tão importante. Vamos lá?  

Afinal, entender como o Spread Funciona é relevante, pois, as taxas do spread possuem um impacto significativo sobre a economia do país. Nesse sentido, quando o spread está elevado pode ser entendido pelos economistas como um dos obstáculos para o crescimento da produtividade e eficiência da economia no país.  

Ou seja, entender o que é e saber mais sobre o spread bancário será importante para você, pois, o termo costuma atuar diretamente na economia do país, assim como, no seu dia a dia. Portanto, você já deve ter entendido que o spread representa a diferença entre os juros bancários. Desse modo, quando você investe uma quantia em um determinado produto de um banco. Esse banco cobra juros por seus serviços como financiamentos ou empréstimos, por exemplo! 

Então, para que você saiba mais sobre o spread bancário e como ele funciona quando um valor é investido. Quanto mais elevado for o spread bancário, mais lucro a instituição ganhará nas operações desse investimento. Isso significa, que os juros ficarão mais caros para os correntistas da instituição. Portanto, os serviços como: financiamentos, empréstimos entre outros podem ficar conter taxas mais altas. Saiba mais ao longo do artigo! 

Composição do Spread Bancário 

Nesse contexto, o spread possui cinco componentes essenciais que são: o custo de captação, na prática são os custos que uma instituição financeira tem ao pagar as taxas de juros na arrecadação de recursos que são pagos por aplicações como os títulos de crédito e a poupança. 

Ainda nesse sentido, a inadimplência pode ser entendida como o segundo componente importante para o spread. Pois, a inadimplência representa as perdas que as instituições acabam sofrendo por causa das dívidas que não são pagas. Assim como, os créditos que não são recuperados devidamente, além dos descontos que acontecem durante as negociações.  

Já os custos administrativos, representam o gasto geral que uma instituição financeira teve com a manutenção e administração. Ou seja, os gastos que o banco teve com a logística, a folha de pagamento, RH entre outras despesas de maneira geral. E por fim, um componente de grande importância é a margem financeira, pois, é com esse capital que a instituição realiza o pagamento dos seus sócios.  

O Spread Bancário é um vilão? 

Para boa parte das pessoas o spread bancário é um vilão, porém, essas não devemos considerar o spread bancário como um vilão. Pois, ele representa um acesso ao crédito e as taxas de juros mais acessíveis com o seu perfil de consumidor. Nesse sentido, a diferença entre os juros praticados nas instituições é bem variada. 

Afinal, os bancos precisam cobrir os seus gastos e suas operações, ou seja, esses valores são repassados para os correntistas. Pois, as instituições lucram com as prestações dos seus serviços e produtos como cartão de crédito, por exemplo. 

Assim sendo, quanto mais alto for o percentual do spread bancário mais alto ficará o crédito para os clientes que solicitam empréstimos. Desse modo, a lucratividade do banco se torna maior, por isso, que o spread não deve ser visto como um vilão! Afinal, o spread bancário é relevante tanto para os correntistas como para os bancos. Ou seja, não podemos deixar de prestar atenção no spread bancário, pois, ele afeta o nosso bolso diretamente! 

Mais sobre o Spread Bancário 

Spread Bancário 
Fonte: Google

Bem como você já deve saber, que é importante saber mais sobre o spread bancário, pois, as taxas do spread possuem um impacto significativo sobre a economia do Brasil! Ou seja, quando o spread está elevado pode ser entendido pelos economistas como um dos obstáculos para o crescimento da produtividade e eficiência da economia brasileira. 

Alguns correntistas consideram o spread bancário um vilão, mas isso é bem injusto, e é bem fácil de entender essa visão. Pois, ele representa um facilitado acesso ao crédito; assim como, as taxas de juros mais acessíveis de acordo com seu bolso! 

Além disso, com a o spread bancário a lucratividade do banco se torna maior, por isso, que o spread não deve ser visto como um vilão! Assim como mencionei antes, o spread é muito importante tanto para os correntistas como para os bancos. Isso quer dizer que, não podemos deixar de prestar atenção no spread bancário, pois, ele afeta o bolso dos brasileiros de maneira direta. 

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe com seus amigos, familiares e em suas redes sociais. Em seguida, retorne ao nosso blog e aproveite nosso conteúdo sobre o universo das finanças e investimentos. Esperamos por você! Memivi; melhorando a sua vida.