Startups de sucesso, ranking Google anuncia as melhores

As startups aumentaram na pandemia e junto surgiram novos perfis de fundadores. Confira os detalhes deste assunto.
Anúncios


Startups de sucesso
Fonte: Google

Todos sabem a importância das startups para o mercado de forma geral, este é um assunto que tem sido discutido por especialistas, especialmente como tem sido este modelo de negócio na América Latina, o aumento durante a pandemia e a participação do público feminino na tecnologia. Por isso, o Google divulgou o ranking das startups de sucesso durante a pandemia.

Após se passar um ano da pandemia do novo coronavírus algumas startups sofreram os impactos, tanto reflexos positivos, quanto negativos. Este foi um período em que os fundadores das startups passaram por diversos desafios, e foi preciso um pouco mais empatia diante das dificuldades. No entanto, devido a pandemia que ainda está presente e até com mais força, fundadores, líderes terão que adaptarem as novas realidades e promover mais diversidade, como no caso do quadro de funcionários.

De acordo com análise realizada pela diretora do programa Google for Startup na América Latina, Fernanda Caloi; o programa começou a operar no Brasil em 2016. Desde então a diretora tem acompanhado o crescimento dos negócios inovadores, escaláveis e tecnológicos no mercado.

Além disso, o programa Google for Startups Accelerador, já acumula cerca de 85 startups de sucesso, e algumas dessas são avaliadas em bilhões, como Loggi e Nubank. Outra percepção da Fernanda, foi a tendência de um aumento progressivo na participação feminina no ecossistema tecnológico.

Assim, o percentual foi de 31% para 42% entre 2016 e 2021 nos cadastros da comunidade no programa Google for Startups; e a participação de fundadores passou de 21% para 28%.

Quer saber mais sobre este assunto? Continue a leitura do texto na íntegra.

Pontos fortes do programa do Google for Startups Accelerator.

A tendência é que os percentuais aumentem, pois, a edição atual do programa do Google for Startups Accelerator tem a participação apenas startups com fundadoras ou executivas C-Level. As selecionadas foram DealerSites, Hygia Bank, Datarisk, Leads2b, Grão, Justto, Safe Space, Gupy, Redação Nota 1000, e Manipulaê.

A diretora do programa, Fernanda Caloi deu declarações importantes durante entrevista, é uma das indagações foi quais os efeitos da pandemia nas startups aceleradas pelo Google? a diretora disse ter anunciado uma turma de 10 startups de sucesso para o programa no mês de março, mas precisaram passar o processo para um formato totalmente online. Ela reforçou que os empreendedores estão todos de mãos dadas, assumindo esforços e cuidando da saúde mental própria e dos colaboradores.

Além disso, os líderes se tornaram importante apoio para as empresas, ajudando todos os membros a passarem por este difícil momento da pandemia. No caso das Startups do programa de aceleração, todas enxugaram gastos possíveis com intuito de preservar ao máximo o emprego. Também tiveram que agir com flexibilidade e tomar importantes e ágeis decisões e não deixar as empresas desamparadas.

Futuro dos fundadores das Startups de sucesso.

Startups sucesso acelerador
Fonte: Google

Questionada se 2021 seria uma continuação do ano passado para os fundadores das startups, Fernanda disse que em 2020 a digitalização passou a fazer parte até das empresas que nunca buscaram, devido ao cenário de pandemia, onde precisaram trabalhar de forma remota, ou fazer vendas on-line de serviços e produtos, logo a adaptação se consolidou.

De acordo com a diretora, em 2021 será diferente. Ela afirma que devido experiências anteriores e aprendizados de 2020, as startups de sucesso irão focar em melhoria de produtos. Além de buscar formas de agradar os clientes, usar estratégias para em breve voltar ao crescimento. Essas são tarefas mais fáceis para Startups mais robustas e resilientes, e também aquelas que possuem líderes preparados após um 2020 extremamente difícil.

Além disso, empreendedores devem ter um olhar voltado para a satisfação e segurança da equipe. Portanto, essas são maneiras que garantem melhor atendimento aos clientes e bons resultados. Além de tudo, os líderes precisam estar atento aos colaboradores que trabalham de home office, algumas famílias encontram muitos desafios por dividirem espaço e tempo nesse período, logo a prática de empatia fara toda diferença.

Setores que mostraram força durante a pandemia e tendem a continuar.

Alguns setores foram mais fortes em 2020, conseguiram vencer os impactos causados pela pandemia, e outros devem seguir a mesma linha em 2021. Empresas que atuam com serviços de delivery de alimentos, ou logísticas de vários outros produtos, foram bem sucedidos no ano passado, e a tendência é que continue forte procura. Outro segmento que teve relevância foram as fintechs, devido ao isolamento social, foi possível resolver assuntos bancários da própria casa.

Enquanto setores como o de Ferramentas de produtividade e atendimento (indicadores de produtividades, ferramentas de comunicação interna, ferramentas de várias gestões, de organização de tarefas, reuniões e muito mais). Essas são usadas para trabalhos remoto, lives, vendas; além dos aplicativos que tem auxiliado a vida de forma geral.

Além desses, as áreas da saúde e educação são muito importantes, e tem uma demanda muito grande por soluções, principalmente durante a pandemia. Logo, startups da área de educação (cursos online, graduação, pós e treinamentos) aumentaram durante a pandemia. Assim como, prescrições de forma digital de alguns medicamentos, também cresceu desde o ano passado.

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e conhecer serviços como, por exemplo; cartões de crédito, conta digital e empréstimo, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *