Taxa Selic: Descubra e entenda tudo aqui!

O Brasil vive na expectativa de até quando a taxa Selic vai continuar baixa. Será mesmo que só irá subir em 2021?
Anúncios


Fonte: Google

Sabemos que a Selic é taxa básica de juros da economia, podemos dizer que é também o mecanismo usado pelo Banco Central (BC) para controlar a inflação.

Além disso, esse indicador serve para parâmetros para outras taxas, como por exemplo CDI, taxas de empréstimos e outros.

O que é taxa Selic e qual a importância?

A instituição responsável pela criação dessa taxa é o Banco Central. De acordo com BC a definição é “taxa média ajustada dos financiamentos diários, apurados no sistema especial de liquidação e custódia” (Selic).

Selic tem a responsabilidade do COPOM, quer dizer Comitê de Política Monetária. Que realizam reuniões 8 vezes durante o ano para decidirem qual será a meta para a taxa de juros. Para chegar aos resultados, devem se considerar diversos estudos e assuntos que diz respeito a economia brasileira, e claro a inflação.

Logo, são disponibilizadas “atas” com que se definiu, isto é, se a taxa terá aumento, se irá diminuir ou manter no mesmo patamar nos próximos meses ou para o ano seguinte. Mas, esses boletins não são totalmente confiáveis, o Banco Central tem o histórico da evolução taxa, mostram que o comitê errou em muitos momentos em suas projeções.

Impactos na vida das pessoas

Quando a inflação está em alta, significa que os preços estão subindo, e neste momento o comitê tende a subir a taxa Selic. Esse aumento dificulta as pessoas obterem créditos e também diminui o consumo, depois de algum tempo a inflação tende a cair. Porém com a inflação mais controlada, o comitê reduz a taxa de juros, isso facilita a obtenção de crédito.

Ruim para quem tem investimentos por exemplo no Tesouro direto, pois os rendimentos serão menores com a Selic baixa.

Taxa Selic hoje

A taxa de juros básica como também a chamam a Selic, era de 2,25%, em reunião realizada pelo Copom no mês de agosto. A taxa baixou para 2%, e na última reunião do dia 28 de outubro a taxa se manteu. No entanto especialistas no assunto têm expectativa de que a Selic mantenha em 2% até o ano de 2022.

O Governo acredita em uma retomada da economia para o ano que vem, após a crise que o país vive, e causada pela pandemia do coronavírus. No entanto economistas afirmam que essa melhora só deve acontecer no final de 2021 ou início de 2022.

E mesmo com toda incerteza no campo fiscal e pressão de breve prazo na inflação, a taxa Selic deve começar em um processo de normalização somente em janeiro de 2022. Essa foi a avaliação do superintendente de pesquisas Macroec. do banco Santander, Maurício Oreng.

Oreng afirma que o país está trabalhando com a possibilidade de inflação em torno de 3% para o ano que vem, ou seja, bem distante da meta. Além disso, a inflação tende ser mais elevada em 2021.

Importância da taxa

Criada em 1979 a taxa Selic, pela Associação Nacional das Instit. Do Mercado Aberto (Andima) e pelo Banco Central (BC), a intenção era deixar negociação de títulos públicos mais seguros e transparentes. A importância dessa taxa se deve ao fato da responsabilidade de influenciar a outras taxas da economia brasileira. Em outras palavras, a que se usa nas operações do governo e também dos bancos.

O ano da sua criação a economia brasileira enfrentava um momento difícil de inflação descontrolada, também com intuito de controlar a inflação passou a existir. Além disso, a taxa tem outros objetivos como estimular o consumo e aquecer a economia brasileira e manter a inflação dentro da meta.

Tripé macroeconômico

Fonte:Google

É importante saber que o BC não “inventa” uma meta para inflação, sendo assim, em 1999 o Brasil adotou o regime de meta de inflação. Nesse período uma nova estrutura da política econômica brasileira, chamada tripé macroeconômico, que fazem parte a meta de inflação, câmbio fluente e Meta fiscal.

Isso tudo aconteceu quando o Brasil passava por um período traumático, que foi o descontrole da inflação ou hiperinflação.

Metas de inflação – é definida pelo conselho monetário nacional, define em junho a meta para os 3 anos à frente. Para 2021 foi definido em 3,75% e pode chegar até 5,25% no intervalo de tolerância.

Taxa baixa x empréstimo alto

Mesmo com a taxa Selic baixa, nos incomoda uma pessoa pagar para o banco valores bem mais altos quando pega um empréstimo. Mas porque isso acontece?Na verdade são inclusos outros itens, como; Taxa de inadimplência, ou seja, o risco de não pagar o banco; Custos de administração, as despesas da instituição;

Depósitos Compulsórios, se trata de uma reserva do BC e o lucro dos bancos, sendo assim, a dica é planejar e gastar dentro do que a pessoa ganha, para não precisar pagar juros altos e dificultar ainda mais a vida financeira.

Gostou do artigo? Compartilha com seus amigos, em suas redes sociais e ainda com os seus familiares. Não esqueça de ler outros artigos sobre o assunto aqui no blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *