Entenda a importância das ETFs para os investidores: confira! 

Entenda a importância das ETFs para os investidores e como elas funcionam. Saiba mais aqui!

Entenda a importância das ETFs
Fonte: Google

Dos investidores mais experientes aos novos, certamente você já deve ter ouvido falar a sigla ETF. Então, nesse artigo você vai entender qual a importância das ETFs para os investidores, ou seja, a importância que uma Exchange Trade Found têm nos seus investimentos. Esse fundo de investimento é uma das categorias mais procuradas no mercado financeiro. Pois, esses fundos oferecem mais segurança nos indicadores definidos pela bolsa. 

Sendo assim, nesse artigo você vai conferir outros detalhes importantes sobre esse fundo. Desse modo, será possível investir com sabedoria, pois, esse fundo de investimento é composto por alguns ativos que seguem um índice de referência. Parece complicado, não é? Não se preocupe, nesse artigo, vou te explicar como as ETFs funcionam é mais simples do que você imagina! 

Primeiramente, para poder entender melhor a importância das ETFs para os investidores é necessário saber que se trata de uma carteira composta por vários ativos. Portanto, esses ativos podem ser de uma ou mais categorias como a renda fixa, por exemplo.  

Portanto, para que o entendimento da importância das ETFs para os investidores se torne amplo. É fundamental que o investidor compre uma cota de participação do fundo na bolsa; desse modo, ele se tornará dono de parte do fundo. Assim, o investidor poderá ter um retorno ou prejuízo segundo o desempenho das ações que fazem parte da carteira de investimentos. 

Índices de referência  

Basicamente, são indicadores de desempenho de uma quantidade única de desempenho de um número de aplicações que estão disponíveis para investimentos no mercado. Um bom exemplo disso, é o índice Bovespa que hoje, é um dos indicadores mais importantes. Porque eles indicam a performance das ações dessas empresas que atuam na bolsa e, portanto, no mercado de capitais do país.  

Nesse sentido, um exemplo de ETF é BOVA11 que costuma replicar o IBOV, por exemplo quando o IBOV apresenta alta de 10 pontos percentuais. O BOVA11 deverá apresentar alta, vale ressaltar que, existem vários descontos sobre a rentabilidade. Assim, o desempenho do fundo dependerá na maioria das vezes do desempenho do índice de referência! 

Ou seja, um ETF funciona do mesmo jeito que outros fundos de investimento, no primeiro momento ocorrer a captação de recursos para elaborar o patrimônio desse fundo. A seguir, o gestor da carteira de investimentos, que é o responsável pela tomada de decisões de compras de ativos. Deverá comprar um número de cotas de ações que integram o índice. 

Tipo de ETFs 

Atualmente, os tipos de ETFs que fazem sucesso na bolsa são: a renda fixa que possuem o objetivo de buscar e replicar os índices compostos sejam títulos privados ou públicos. Além da renda variável, que são compostos por ações que se referem a um índice de referência. Vale lembrar que, ao investir em ETFs você deverá arcar com o investimento nas ETFs, os gastos são referentes a taxa de corretagem, por exemplo.  

Já a taxa de administração, geralmente é cobrada com uma certa frequência que pode ser mensal ou anual. Então, essa cobrança pode variar segundo o banco, é justamente por isso que, o acionista deve ficar atento aos aumentos de porcentagens desses impostos. 

As demais taxas como, a de emolumentos; custódia que serve para proteger os investimentos que estão armazenados na carteira. Portanto, ela deverá ser pagar para as corretoras ou para a bolsa de valores onde a transação ocorreu. Vale lembrar que, a quantia poderá variar de acordo com a instituição! 

A importância das ETFs para os investidores 

Entenda a importância das ETFs
Fonte: Google

Entender a importância das ETFs para os investidores é fundamental para que você não confunda um ETF com fundos de investimentos. A principal diferença que separa esses itens é o formato de gestão, existem dois tipos de gestão. Na gestão ativa, as estratégias usadas buscam superar um índice de referência, com a finalidade de obter melhores resultados. Ao mesmo tempo que, os fundos de investimentos podem ter dois tipos de gestão, nesse cenário, o ETF pode ter um modelo de gestão passiva, pois, o seu objetivo é acompanhar o retorno dos indicadores.  

Portanto, esse tipo de investimento garante a estabilidade que muitos investidores buscam! Pois, como mencionei antes, entre esses indicadores de desempenho de uma quantidade única de desempenho de um número de aplicações que estão disponíveis para investimentos no mercado. Um bom exemplo disso, é o índice Bovespa bolsa brasileira que nos dias atuais, é um dos indicadores mais importantes. 

Por fim, para poder investir em ETFs será fundamental que o investidor compre uma cota de participação do fundo na bolsa; desse modo, ele se tornará dono de parte do fundo. Assim, o investidor poderá ter um retorno ou prejuízo segundo o desempenho das ações que fazem parte da carteira! 

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com os seus amigos, acompanhe o nosso blog para ficar por dentro das novidades do universo das finanças. Esperamos por você! Memivi.