Alta do Dólar, as condenações de Lula fez o valor disparar.

Após decisão do ministro Edson Fachin sobre anulação da sentença do ex-presidente Lula, dólar fechou com alta de 1,66% chegando a R$ 5,78 na venda.
Anúncios


Dólar dispara com notícias sobre Lula
Fonte: Dólar

O mercado teve uma surpresa com a notícia que o ex-presidente pode disputar as eleições em 2022 caso queira; a decisão depende de avaliação do plenário do STF. Devia notícia a bolsa de valores despencou e o dólar disparou, saltando 1,73% (dólar à vista) a R$ 5,78 na venda. Enquanto isso o Real teve o segundo pior desempenho global na sessão, com perdas lideradas pela moeda Lira Turca (-2,7%). Para se ter ideia, 1 Lira Turca é igual a R$ 0,76 (real brasileiro).

O dólar estava sendo cotado na última sexta-feira a R$ 5,68, um cenário diferente já que o dólar futuro dispara e bate R$ 5,85, voltando ao patamar de 10 meses atrás. Enquanto o Ibovespa operava no final do dia com forte queda de –3,76% a 111.393 pontos e as ações como da Petrobrás eram negociadas com queda de –3,22%.

Além da grande repercussão na internet, onde os aliados de Lula e adversários trocaram mensagens em suas redes sociais, o que não deve acabar tão cedo.

Alta do Dólar e condenação do Lula

O Ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu anular as condenações que foram impostas ao ex-presidente Lula (Luiz Inácio Lula da Silva); pela 13ª Vara Federal da cidade de Curitiba, da operação Lava Jato. Dessa forma, Lula pode ficar elegível para as próximas eleições a presidência do Brasil em 2022.

No entanto, a decisão do Ministro será avaliada pelo plenário, além disso a Procuradoria Geral da República afirmou que irá recorrer. Ainda sobre a possível candidatura, a imprensa informou que pesquisa do Ipec, mostra favoritismo do ex-presidente Lula, perante o presidente Jair Bolsonaro. Uma diferença de apenas 12%, que parece pequena, mas considerada significante para muitos por se tratar de um adversário que ficou preso durante 580 dias.

Quer saber mais sobre este assunto? Fique conosco até o final e confira detalhes importantes.

Operações intercambiais, B3 e outros.

No mercado futuro da bolsa de valores brasileira (B3), onde os negócios acontecem até as 18:30 horas de Brasília; no último dia 8, contratos futuros de dólar dava um salto de 2,60%, valor de R$ 5,845, após bater R$ 5,856 no final do dia. Enquanto nas operações interbancárias, a moeda americana fechou em alta de 1,66%; na venda, o dólar foi de R$ 5,778, maior patamar desde maio de 2020, que foi de R$ 5,8392.

No dia em que a notícia teve a divulgação, na qual ocorreu bastante oscilação, e o dólar se manteve em alta, indo de R$ 5,7061 (+0,39%) até R$ 5,7864 (+1,80%). Além disso, para deixar a situação da economia brasileira ainda pior, o Real apresentou o 2º pior desempenho em todo mundo. De acordo com Joaquim Kokudai (JPP Capital), ele acredita que a decisão de Fachin, mostra muita insegurança jurídica no Brasil.

Além de não ser um bom momento, pois pode resultar em piora do mercado devido tudo que estamos vivendo. Principalmente por conta de tantas pendências que precisam ser resolvidas como ajuste fiscal na PEC Emergencial, que ainda terá votação pela Câmara dos Deputados. Portanto, para que o mercado volte a melhorar é preciso também o reequilíbrio das contas públicas.

Dólar: Preocupação com o futuro

Alta do dólar na bolsa
Fonte: B³

Uma preocupação de investidores e especialistas no assunto é que o presidente Jair Bolsonaro se direcione para caminhos mais “populistas” para disputar com ex-presidente Lula. O resultado será um governo que gasta dinheiro que não tem, sendo preciso solicitar recursos em outros países, para depois pagar em longos anos. Caso isso aconteça, o país conviverá com mais desempregados, baixo crescimento econômico, aumento da inflação e outros problemas já conhecidos.

Além disso, se Lula for eleito a polarização tende a voltar, como aconteceu em 2018, pois o ex-presidente tem a tendência ao governo intervencionista, dando menos prioridade aos fundamentos importantes para a economia do país, e a preocupação em deixar de lado alguns princípios de política econômica liberal.  Certamente, essa notícia trouxe incertezas, e pode tirar o foco das decisões atuais que são realmente importantes para o Brasil.

Conclusão

Diante do cenário atual, no qual o Brasil encontra-se mergulhado em uma crise econômica e sanitária. O ex-presidente Lula pode usar na candidatura a promessa da volta de melhores tempos. Caso isso aconteça, é provável que a preocupação de especialistas confirme e o presidente Jair Bolsonaro aposte em projetos voltados para população. No entanto, o resultado pode ser gasto exagerado para um país que já não está conseguindo arcar com as despesas atuais.

De qualquer forma, os brasileiros terão que estar preparados para as turbulências que devem vir pela frente. Enquanto isso, o povo acompanha as notícias sem poder fazer nada, sofrendo as consequências e vivendo as dificuldades trazidas pelo desemprego, e aqueles que estão trabalhando vive com sobrecarga e baixos salários. Além do aumento da inflação que tem deixado o poder de compra da população cada vez menor e a pergunta que nunca tem resposta, onde vamos parar?

Gostou do nosso artigo? Então, não deixe de compartilhar em suas redes sociais, com os seus amigos e ainda com os seus familiares. Em seguida, aproveite outros conteúdos para entender melhor sobre finanças, investimentos e conhecer serviços como, por exemplo; cartões de crédito, conta digital e empréstimo, tudo aqui em nosso blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *